segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Compras online


 

Comprar online tornou-se numa excelente alternativa às compras tradicionais. Em apenas alguns minutos, comodamente e no conforto do nosso lar podemos fazer uma comparação de preços em várias lojas e sem qualquer tipo de pressão por parte dos vendedores (que por vezes sentimos nas lojas), escolhemos e compramos qualquer coisa.

Os custos de uma loja online são muito inferiores aos de uma loja física, pelo que por aqui já se justificam preços mais baixos.

Sou apologista de comprar o que é nacional para ajudar a nossa economia, e costumo ter esse cuidado quando faço compras, sobretudo em bens alimentares. Agora também é verdade que podemos poupar imenso em produtos adquiridos no estrangeiro e quando assim é a poupança pode imperar...

Como tudo na vida existem algumas vantagens e desvantagens a considerar quando se trata de comprar online e, poderá conhecer algumas delas mais abaixo. Quando falo de comprar online estou a incluir as compras que podemos fazer no estrangeiro, em sites de classificados e de leilões, tudo óptimas ferramentas para poupar imenso dinheiro.

Vantagens de comprar online


- comodidade – No conforto do seu lar, disponível 24 horas por dia e 7 dias por semana. Dispensa filas de espera.

- possibilidade de comparar preços – Permite comparar de uma forma rápida o preço em lojas distintas podendo optar pela melhor opção.

- comprar calmamente – Com tempo, quando lhe apetecer e  sem pressão por parte dos vendedores (que existe nas lojas).

- segurança – ao contrário do que muitos ainda pensam se comprar em lojas credíveis e/ou utilizar meios de pagamento adequados é bastante seguro.


Desvantagens de comprar online


- Não se podem ver os produtos e experimentá-los.

- Os portes de envio podem tornar o produto mais caro, é necessário fazer essa avaliação no momento da compra.

Como nem sempre temos de comprar novo e podemos encontrar usados em excelentes condições: miau.ptleiloes.net são os principais sites de leiloes em Portugal.

Em Portugal existem sites de classificados onde pode adquirir serviços e produtos (novos e usados) a bons preços. olx.pt e coisas.pt são alguns dos mais conhecidos, sendo que o jornal ocasião também é semelhante.

Por exemplo, para quem gosta de ler em inglês encontram-se best sellers internacionais no site do Book Depository, onde não se pagam portes de envio. Trata-se de uma excelente alternativa ao site da Amazon , onde também se podem encontrar livros a preços muito bons, sobretudo em segunda mão. Quando de viaturas se trata visite o Standvirtual e os Automóveis Sapo.

Para leilões online recomendo Leiloes.net e o Miau,  onde se podem encontrar milhares de produtos novos e usados a óptimos preços, requer alguma dedicação em termos de procurar para se poder fazer óptimos negócios!

Como exemplo prático vou falar-vos de um caso que se passou há uns dias com um familiar meu. Ele necessitou de um interruptor para o seu carro já bastante velhinho, dirigiu-se à marca do seu automóvel onde lhe pediram 150 euros. Não é que conseguiu mandar vir do eBay esse mesmo acessório já com portes incluídos por 20euros?! Pareceu-me fantástico!

Recentemente descobri um site onde podemos comprar variadíssimos serviços apartir de 5 euros, achei o site bastante engraçado, fica o convite para passarem pelo diverte-te.

Segurança no pagamento online


Cerifique-se que faz as suas compras em lojas credíveis quando utiliza o seu cartão de crédito ou utilize meios de pagamento que sejam mais seguros para si, tais como: Mbnet, multibando, transferência bancária e pagamento à cobraça.

 

Deixem o vosso comentários para o caso de quererem acrescentar alguma sugestão a este post. ;)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Ensino superior e despesas associadas

Chegou o momento em que ocorre a entrada de milhares de estudantes no ensino superior, alguns jovens outros já adultos, cada vez mais é normal vermos este e aquele a entrar na universidade e ainda bem que assim é!

A frequência de uma instituição de ensino superior trata-se de um investimento, ainda que hoje em dia se pense que não vale a pena pois estamos todos destinados ao desemprego… Um curso superior faz-nos crescer em todos os aspectos, conhecimento, maturidade, vivência, assim como muitos outros. Como tal mesmo que nunca se faça o seu uso profisssionalmente, na vida pessoal todos os dias nos é útil.

Algumas despesas que deve esperar:

- Propinas (este valor ronda os 1000€ anuais nas instituições públicas, nas privadas espero com pelo menos o dobro, dependendo das instituições e dos cursos)

- Transportes e/ou alojamento. Raros são os casos daqueles que entram numa universidade que fica do outro lado da rua de sua casa, como tal pode ser preciso alugar uma casa/quarto ou ponderar os melhores transportes tendando a melhor relação qualidade/preço – que é aquilo por que me empenho todos os dias como consumidor e que tendo partilhar convosco aqui no www.poupareinvestir.com. Tente a possibilidade de ficar numa residência universitária, apresentam preços convidativos e é uma experiencia muito enriquecedora multiculturalmente, uma vez que iria viver com pessoas extremamente diferentes umas das outras.

- livros, fotocópias, sebentas, impressões…

- Alimentação. Um almoço nas cantinas ronda os 2,4€, depois terá de somar algum café que tome ou lanches.

Algumas medidas que pode tomar: 

- tentar ficar numa residência universitária

- usar crédito para universitários a taxas muito competitivas (informe-se junto dos bancos)

- pedir uma bolsa (se o seu agregado familiar apresentar rendimentos baixos)

- pedir sempre factura das suas compras para poder incluir no seu IRS e ter algum retorno dessas despesas no final do ano.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Desconto em museus

Passamos a vida a queixar-nos do nosso País… Em como tudo está mal… Não se pode sair à rua porque está tudo caro… Antigamente é que era…

Eu sou mais da opinião de encontrar soluções para enfrentar estas dificuldades financeiras e de preferência sem prescindir de fazer coisas novas e agradáveis e de passar bons momentos com família e amigos. Para tal é suficiente procurar alternativas ao que nos tentam vender todos os dias, e com pouquíssimos recursos conseguirá fazer muitas actividades interessantes e divertidas.

Fique a saber que muitos dos museus Portugueses têm entrada gratuita aos Domingos de manhã e feriados até às 14 horas.

Também existem outros descontos: para cartão jovem (50%), pessoas com mais de 65 anos e deficientes (50%), bilhete de família (50% de desconto para filhos menores), bilhetes de grupo, bilhetes de conjunto e outros… Passe pelo site do instituto dos museus e conservação e poderá obter muitas mais informações para além dos descontos que referi.

Bem agora que já conhece estes descontos aproveite para fazer um passeio diferente com a sua família e/ou amigos e aprender um pouco mais…

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Poupar em taxas bancárias

Certamente já percebeu que o seu banco por muito que possa ser seu amigo tem sempre como objectivo a obtenção de lucros e como tal, esse objectivo acaba por colidar com os nossos de poupança e investimento. Ficaremos então a conhecer algumas formas de poupar em taxas bancárias.

Despesas de manutenção de conta


Alguns bancos quando nos apanham distraídos começam a debitar-nos uma taxa mensal apelidada de despesas de manutenção de conta. Por vezes este pagamento mensal pode ser evitado, para tal convém conhecer os requisitos para se estar isento. Por exemplo no Millenniumbcp quem tiver conta ordenado (tranferência bancária automática do salário) ou quem tiver activos superiores a 7500€ está isento. Mas o importante é informar-se junto do seu banco e ver se é possível contornar.

Contas especiais


Jovens, Estudantes e Emigrantes podem beneficiar de contas especiais com algumas regalias. Vale a pena informar-se destes tipos de contas no seu banco, se é que se enquadra nalgum destes perfis, se bem que podem existir outros, procure no site do seu banco.

Acesso ao banco online


O acesso ao banco online é uma ferramenta muito útil para estarmos “em cima” de todas as nossas despesas. Por vezes no talão do multibanco as despesas passam mais despercebidas. Online a maioria das operações é gratuita ou apresenta sempre custos inferiores aos cobrados ao balcão, nomeadamente transferências bancárias e pedido de cheques. Esta redução de custos deve-se em geral ao facto de ser necessário um menor envolvimento de mão-de-obra. Às vezes ficamos reticentes em utilizar estas ferramentas devido a questões de segurança, mas na verdade com a evolução da informática se tivermos os cuidados básicos o risco é muito reduzido (e quando andamos a transportar dinheiro de balcão em balcão também corremos o risco de ser assaltados).

Para avaliar o nível de poupança que se pode obter ao utilizar o site dos bancos em vez dos balcões, o diário económico fez uma simulação de alguém que hipotéticamente requisite 20 cheques, realize 15 transferências interbancárias no valor de 500euros cada e 12 operações de ordem de bolsa no mercado de acções português no valor de 1800 euros cada. Feita a comparação banco online/balcão verificaram que é possível um nível de poupança significativa em todos os bancos analisados, sendo que na CGD conseguiu-se uma poupança de 55% (face aos 216 euros ao balcão). O Santander apresenta uma poupança de 59%, no bcp 31% e no BPI de 42%. Verifica-se então que é bastante compensatório a utilização do site dos bancos para a realização de operações bancárias.