quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Poupar em taxas bancárias

Certamente já percebeu que o seu banco por muito que possa ser seu amigo tem sempre como objectivo a obtenção de lucros e como tal, esse objectivo acaba por colidar com os nossos de poupança e investimento. Ficaremos então a conhecer algumas formas de poupar em taxas bancárias.

Despesas de manutenção de conta


Alguns bancos quando nos apanham distraídos começam a debitar-nos uma taxa mensal apelidada de despesas de manutenção de conta. Por vezes este pagamento mensal pode ser evitado, para tal convém conhecer os requisitos para se estar isento. Por exemplo no Millenniumbcp quem tiver conta ordenado (tranferência bancária automática do salário) ou quem tiver activos superiores a 7500€ está isento. Mas o importante é informar-se junto do seu banco e ver se é possível contornar.

Contas especiais


Jovens, Estudantes e Emigrantes podem beneficiar de contas especiais com algumas regalias. Vale a pena informar-se destes tipos de contas no seu banco, se é que se enquadra nalgum destes perfis, se bem que podem existir outros, procure no site do seu banco.

Acesso ao banco online


O acesso ao banco online é uma ferramenta muito útil para estarmos “em cima” de todas as nossas despesas. Por vezes no talão do multibanco as despesas passam mais despercebidas. Online a maioria das operações é gratuita ou apresenta sempre custos inferiores aos cobrados ao balcão, nomeadamente transferências bancárias e pedido de cheques. Esta redução de custos deve-se em geral ao facto de ser necessário um menor envolvimento de mão-de-obra. Às vezes ficamos reticentes em utilizar estas ferramentas devido a questões de segurança, mas na verdade com a evolução da informática se tivermos os cuidados básicos o risco é muito reduzido (e quando andamos a transportar dinheiro de balcão em balcão também corremos o risco de ser assaltados).

Para avaliar o nível de poupança que se pode obter ao utilizar o site dos bancos em vez dos balcões, o diário económico fez uma simulação de alguém que hipotéticamente requisite 20 cheques, realize 15 transferências interbancárias no valor de 500euros cada e 12 operações de ordem de bolsa no mercado de acções português no valor de 1800 euros cada. Feita a comparação banco online/balcão verificaram que é possível um nível de poupança significativa em todos os bancos analisados, sendo que na CGD conseguiu-se uma poupança de 55% (face aos 216 euros ao balcão). O Santander apresenta uma poupança de 59%, no bcp 31% e no BPI de 42%. Verifica-se então que é bastante compensatório a utilização do site dos bancos para a realização de operações bancárias.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar