segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Ginásios low cost

 

O conceito low cost  tem vindo a generalizar-se a todas as áreas, tal é proporcionado pelas necessidades actuais dos consumidores - poupança para fazer face às dificuldades actuais no país. Redução significativa de preços cobrados ao consumidor em serviços, que são obtidos cortando em áreas complementares aos mesmos, como é o caso de cortar as refeições nos voos low cost e também ocorrendo uma reorganização de meios humanos e físicos de forma a permitir esta redução de preços.

O low cost bateu à porta dos ginásios, se aquela mensalidade gigantesca o afastou das suas actividades preferidas chegou a hora de voltar. Se ainda não abriu, pode estar para breve a abertura de um destes ginásios perto de si.

Não é de mais relembrar que a prática de exercício físico apresenta sem sombra de dúvida uma melhoria do bem estar físico e psicológico, pelo que recomendo vivamente a sua pratica, embora por vezes também tenha de lutar contra a minha preguiça… É uma boa oportunidade para também alargar a sua vida social conhecendo novas e diferentes pessoas.

Na generalidade estas ginásio conseguem mensalidades apartir dos 30€ mensais, o que face aos habituais cerca de 50€ parece bastante interessante. Alguns destes ginásios também apostam na inexistência de fidelização, o que representa menos um peso para nós consumidores que a qualquer momento podemos romper com a mensalidade.

O Fitnesshut oferece taxas apartir de 6.60€ por semana, praticamente metade do que lhe seria cobrado no ginásio comum. Este ginásio existe em Lisboa (Amoreiras) e tem abertura prevista para breve em Cascais e Oeiras.

Também o Easygym oferece ginásio e Spa low cost.

Desta forma consumidores (reduzindo custos) e empresários (aumentando clientes) se juntam em forma de vencer a crise que teima em permanecer. Desta forma pode aproveitar o que poupou comprando um mimo para si.

Sem comentários:

Enviar um comentário