segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Pai rico, pai pobre



 

Recentemente li o livro “pai rico pai pobre” de Robert Kiyosaki. Trata-se de um livro de educação financeira onde o autor pretende ensinar e encorajar as pessoas a lutar contra uma rotina a que chama de “rotina dos ratos” – à medida que os nossos rendimentos aumentam temos tendência a aumentar também as nossas despesas levando a que constantemente tenhamos pouca liquidez financeira. Acima de tudo Robert Kiyosaki em pai rico pai pobre incentiva à poupança para nos conseguirmos ver livres deste ciclo. Aproveite e aprenda a dar a volta à crise.

Uma frase que o caracteriza é “Assuma a responsabilidade das suas finanças pessoais ou receba ordens toda a sua vida. Você ou é senhor do seu dinheiro ou seu escravo”

 

DEZ PASSOS sugeridos no livro:

 

1.Preciso de uma razão maior do que a realidade.

“Uma razão ou um propósito é uma combinação de alguns ‘quero’ e alguns ‘não quero’. Quando as pessoas me perguntam qual a razão que me levou a ser rico, digo que foi a combinação profunda e emocional dos ‘quero e ‘não quero’…”

 

2.Escolho todos os dias.

“Financeiramente, com cada dolar que temos em nossas mãos, temos o poder de escolher nosso futuro de ricos, pobres, ou classe média. Nossos hábitos de despesa reflectem quem nós somos. As pessoas pobres têm simplesmente maus hábitos de despesa.”

 

3. Escolha os amigos com cuidado.

“O poder da associação. Em primeiro lugar, não escolho meus amigos levando em conta suas demonstrações financeiras. Tenho amigos que fizeram, de facto, voto de pobreza, bem como amigos que ganham milhões todo ano. O importante é que aprendo com todos eles e faço um esforço consciente para isso.”

 

4. Domine uma fórmula e então aprenda outra

“Muitos de nós já ouvimos a expressão ‘Você é o que você come’. Eu tenho uma variação ‘Você se torna o que você estuda’. Em outras palavras, seja cuidadoso com o que você estuda e aprende, porque sua mente é tão poderosa que você se torna aquilo que você põe em sua cabeça. Por exemplo, se você estuda culinária, você tende a ser cozinheiro. Se você não quer continuar sendo cozinheiro, precisará estudar outra coisa…Escolha cuidadosamente o que você estuda.”

 

5. Pague a si mesmo primeiro

Neste ponto o autor aconselha à poupança mensal e para tal é necessário autodisciplina. “O poder da autodisciplina. Se você não se controla, não tente ficar rico. Talvez fosse bom entrar para a Marinha ou alguma ordem religiosa aprender a se controlar. É a falta de autodisciplina que leva à falência muitos vencedores de loteria pouco depois de eles terem ganhado milhões. É a falta de autodisciplina que leva pessoas que acabaram de obter um aumento a comprar um carro novo ou fazer um cruzeiro…”

 

6. Pague bem as seus corretores.

“Hoje, tenho a meu serviço advogados, contadores, corretores de imóveis e de ações caros. Por quê? Porque se, e destaco o se, as pessoas são profissionais, seus serviços devem render dinheiro para você. E quanto mais dinheiro ganharem, mais eu ganho.”

 

7. Seja um doador “indio”

“Este é o poder de obter alguma coisa a troco de nada.”

 

8. Activos compram superfulos.

Com este principio o autor do livro aconselha a que compre os seus bens superfulos com activos que adquiriu e nunca pedir um financiamento para os obter.

 

9. A necessidade de heróis

“ Heróis fazem com que as situações pareçam fáceis. Ao parecerem fáceis nos convencem a querer ser como eles. ‘Se eles conseguiram, eu também consigo.’ Quando se trata de investimentos, há gente demais para complicar. Procure heróis que façam as situações parecerem fáceis.”

 

10. Ensina e receberás

“Se eu tivesse de passar apenas uma única idéia para o leitor, seria esta. Sempre que você sentir ‘falta’ ou ‘escassez’ de alguma coisa, doe, antes, o que você quer e isso retornará para você aos montes. Isso é verdadeiro para dinheiro, sorrisos, amor, amizade…”

 

Outras sugestões do autor:

- Pare para pensar no que está a fazer. Pare de fazer o que não funciona e procure algo novo para fazer. Procure novas formas de investimento, aprenda através da leitura de livros.

- Acção! Muitas pessoas não agem ou se desmotivam ao primeiro comentário negativo.

- Descubra alguém que tenha feito o que você deseja fazer e troque impressões.

- Faça cursos e leia livros.

- Quando quiser comprar alguma coisa faça ofertas abaixo do preço solicitado.

E muito mais…

 

“ O mais difícil quanto à formação de uma fortuna é ser fiel a si próprio e estar disposto a não acompanhar a multidão. No mercado é muito comum que seja a manada a chegar tarde e ser abatida. Se um grande negocio está nas manchetes, na maioria dos casos é tarde de mais. Procure um negócio novo….As pessoas que apanham a onda tarde são as que se dão mal”

 

Recomendo a leitura deste livro a todos os que pretendem aprender sobre finanças pessoais, os que buscam inspiração para os seus projectos e os que pretendem adquirir a sua independencia financeira.

2 comentários:

  1. Gostei, deve ser muito interessante o livro.

    ResponderEliminar
  2. É muito interessante e lê-se muito bem. Facilmente se encontra esse livro na net em pdf. ;)

    ResponderEliminar