quarta-feira, 18 de abril de 2012

Dicas para investir



 

É verdade que  hoje em dia quem se preocupa em investir já parece um ser privilegiado, isto dado o custo de vida actual e a tão falada crise. No entanto, é a melhor forma de adicionar alguma segurança ao nosso futuro. Isto quer se trate do caso de desenvolvimento de algum projecto (compra de uma casa, uma viagem, estudo dos filhos, etc) ou de simplesmente acautelar algumas despesas inesperadas.

 

Definir os objectivos


É muito importante que defina quais são os seus objectivos em termos de poupança e investimento para saber para onde está a caminhar. Para uns um pequeno pé-de-meia para outros assegurar a reforma aos 40. Seja qual for o seu objectivo, definia-o e mantenha-o sempre presente. Caso contrário a sua motivação para poupar será minima. Mas isto acontece para tudo na nossa vida...

Controlar o impulso


Boa parte das nossas compras são realizadas por impulso, o que leva a que muitas vezes se adquiram produtos desnecessários ou a preços elevados. É importante manter um equilibrio neste ponto. Claro que por vezes temos mesmo de ir atrás do nosso impulso… é mais forte!

Começar já


Quando se trata de poupar (e consequentemente investir) a melhor altura é mesmo AGORA e não ir deixando para o próximo mês, ano, etc…

Pagar primeiro a si próprio


Como já tenho referido aqui encarar a sua poupança como uma despesa é uma excelente forma para ser bem sucedido. No inicio do mês transfira o dinheiro para uma conta poupança, se esperar pelo final do mês vai ver que aquilo que supostamente iria poupar já foi gasto.

 Capitalização dos Juros


Existem os juros simples e os juros compostos. Basicamente os juros compostos consistem em receber juros sobre a acumulação do capital investido e os juros já vencidos. Embora lhe possa saber bem receber os juros na conta de depósitos à ordem, evite esta situação ao máximo pois, a médio/longo prazo estará a ter ganhos muito inferiores. Veja na tabela abaixo uma comparação entre a acumulação de capital no caso de juros simples e de juros compostos, no caso de 1000€ investidos ao longo dos anos (a uma taxa liquída de 7,5%).
Quanto maior o prazo de investimento mais significativa é a diferença. Posto isto, opte sempre que possível por juros compostos.

 





























Anos


Juros SimplesJuros Compostos

5


1375€1436€

10


1750€

2061€


202500€

4248€


303250€

8760€



 

Diversificar os seus investimentos


Já o famoso ditado popular “não coloque todos os ovos no mesmo cesto" o diz. Atenção, diversifique! Entre imobiliário, acções, depósitos, obrigações, fundos, terrenos, etc… Tem muito por onde escolher e para se salvaguardar o melhor mesmo é que diversifique!

 

1 comentário:

  1. […] a loteria deve ter alguns cuidados a investir esse dinheiro. Um princípio muito importante é o de diversificar os seus investimentos. Opte por depósitos a prazo, imobiliário, ações, divida pública e até mesmo criar um negócio […]

    ResponderEliminar