segunda-feira, 23 de abril de 2012

Poupar em impressões

poupar em impressoes

A impressão tornou-se o “prato do dia” e quase todos nós temos uma máquina destas em nossa casa. Embora o preço das mesmas não seja significativo, deparamo-nos com gastos significativos em consumíveis (tinteiros), que muitas vezes apresentam preços superiores ao da aquisição das próprias impressoras.
No que toca a poupar (neste caso em impressões) existe a óbvia preocupação económica (reduzir os gastos) mas também não devemos descurar a poupança ambiental que estamos a realizar. Cada vez mais é importante termos esta consciência pois se assim não for estamos a hipotecar o futuro das próximas gerações.
Se quiser aproveitar para também poupar no papel experimente imprimir utilizando a frente e o verso das folhas.
Existem alguns truques que nos podem ajudar a diminuir a factura das impressões. Esses truques podem no meu entender surgir por três vias distintas, são elas:
- Diminuir a qualidade de impressão
- Poupar na compra de consumíveis
- Racionalização das impressões

 

Diminuir a qualidade de impressão


Na minha impressora utilizo normalmente por defeito a impressão “rápida” onde é utilizada menos quantidade de tinta, quando comparado com o modo “normal” ou de “apresentação”.
Para escolher esta opção tem de ir às configurações da Impressoras > seleccionar a sua impressora > escolher preferências de impressão > papel/qualidade e escolher a opção fast (rápida).
Um outra opção que também costumo escolher por defeito é a utilização exclusiva do tinteiro preto, claro que esta opção pode não ser muito pratica uma vez que cada vez que se pretende efectuar impressões a cores esta opção tem de ser desactivada.

 


Poupar na compra de consumíveis


Os consumíveis das marcas apresentam preços bastantes elevados. Existem no mercado tinteiros de marcas alternativas, tinteiros reciclados ou até kits de enchimento que nos permitem poupar imenso na compra dos consumíveis.
Tenha em atenção a capacidade dos tinteiros (em mililitros) que adquire. Existem tinteiros reciclados com o quadruplo da capacidade que os recomendados pela marca e ainda assim mais baratos.
Muitas vezes nem sequer se nota a diferença na qualidade de impressão quando comparado com o produto recomendado pela marca.

 


Racionalização das impressões


Existem muitos documentos que imprimimos e que por vezes nem sequer chegamos a ler. Estes podem muito bem ficar arquivados em pastas no seu computador pessoal e apenas ser impressos quando for mesmo necessário.
Para o caso dos estudantes que muitas vezes imprimem slides do PowerPoint (apresentações) podem imprimir duas ou quatro páginas por folha, reduzindo assim significativamente o consumo de papel.

Se tem dificuldade em gerir os seus ficheiros e pastas em diversos computadores recomendo o My dropbox que lhe permite ter os seus ficheiros e pastas sincronizados em vários computadores.
Com pequenas medidas que se vão adoptando no nosso dia a dia é possível fazer render o nosso orçamento mensal e ainda contribuir para um melhor ambiente… ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário