quarta-feira, 2 de maio de 2012

Como dar a volta ao desemprego

O desemprego é uma realidade desconhecida por muitos, mas que infelizmente cada vez mais bate às nossas portas. Pode surgir a qualquer momento e é daquelas coisas que nunca estamos à espera. Se não tem um currículo brilhante e não está na disposição de agarrar o primeiro trabalho precário que lhe aparecer vai ter de tomar algumas medidas que o ajudem nesta fase mais complicada.
Se tem direito a subsídio de desemprego aproveite bem este recurso e lembre-se que este não é eterno. Empenhe-se na procura de emprego e faça uma poupança com a ajuda do subsídio, esta poderá ser-lhe muito útil quando o subsídio terminar.



 

Medidas a tomar


Infelizmente muitas destas medidas passam por uma diminuição da despesa, embora mais à frente apresente algumas sugestões também no sentido de aumentar as suas receitas.
Primeiras despesas a cortar:
- mensalidade da televisão/internet/telefone, baixar o pacote ou suprimir algum serviço.
- mudar o telemóvel para um plano mais económico
- Reduzir a utilização do carro. A viatura particular apresenta uma grande comodidade mas também uma grande despesa. Se por acaso possui mais do que uma viatura no seu agregado familiar pondere “encostar” o carro por algum tempo. Aproveite para andar mais a pé, de bicicleta e de transportes públicos.
- Aproveite agora que tem tempo livre e faça as suas compras no supermercado de forma inteligente. Idealmente deverá frequentar dois supermercados diferentes aproveitando assim sempre os preços mais baixos de ambos.
- fale com o seu banco no sentido de obter um período de carência do empréstimo do crédito habitação.
- corte já as assinaturas de revistas. De uma vista de olhos em todas as suas mensalidades e começe por aí. O ginásio também deve ser evitado, a não ser que esta seja mesmo uma actividade importante para si.
- Refeições fora de casa e muitos cafezinhos também contribuem para manter a despesa elevada.
Muitas outras medidas podem ser tomadas, dê uma vista de olhos noutros posts aqui no poupareinvestir e certamente encontrará outras dicas.

 

Como pode ganhar um dinheiro extra


Aproveite um talento que tenha para poder aumentar os seus rendimentos. Uma vez que vai estar com bastante tempo livre ainda que possa ocupar bastante deste na procura de emprego.
Muitas pessoas após o “trauma” de ficar no desemprego metem os seus talentos a render. Tenho visto histórias impressionantes e muito encorajadoras. Pessoais que escreveram um livro, pessoais que criaram o seu próprio negócio com o qual há muito sonhavam, etc…
Este ponto é importante não só pelo dinheiro em si mas também pelo auto realização que lhe vai causar. Estar ocupado com uma actividade que lhe dá gosto evita-lhe certamente períodos depressivos. Se não tem ideias apresento algumas sugestões de como poderá ganhar uns trocos extra:
- cultivar uma horta, em que poderá vender/trocar produtos com familiares e amigos ou simplesmente para consumo próprio
- tornar-se distribuidor de um produto, estou-me a lembrar da tupperware e da oriflame. Penso que não tem investimento inicial.
- Se tem gosto pela informática e por alguma temática em especial pode criar um blog e ganhar algum dinheiro com publicidade. O poupareinvestir nasceu quando eu me encontrava desempregado.
- Vender produtos em sites de classificados/leilões. Por exemplo coisas usadas que tenha em casa ou algum produto feito por si.
- Venda de bijuteria, artesanato, etc. Aproveite um dom que tenha e ponha os seus talentos a render.
- criar um negócio. Algo importante a ter em conta é reduzir o investimento ao mínimo indispensável.

Acima de tudo não desista… A vida tem muitas coisas boas e se conseguir focar-se nessas tudo será mais fácil… com ou sem emprego! ;)

 

Sem comentários:

Enviar um comentário