segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Viajar barato

Após ter chegado recentemente de umas recentes férias não poderia deixar de partilhar convosco algumas dicas a por em prática para viajar de forma mais barata.

O recurso a crédito para gastar nas férias é sempre uma má opção e deve evitar-se de todo.

Aqui o meu objectivo é  poder prolongar ao máximo a estadia no exterior com o mínimo de dinheiro possível. Mas tudo depende do tipo de férias que procura e daquilo que está disposto a gastar. No entanto dê uma vista de olhos nas dicas seguintes e certamente conseguirá aproveitar uma ou outra.

Também aqui escrevi anteriormente sobre como poupar nas férias, aproveite para também dar uma vista de olhos.

Viajar barato

 

Poupar antes da viagem


É importante planear a sua viagem antecipadamente por forma a conseguir fazer um orçamento para a mesma. Consegui cumprir o meu orçamento com cerca de 5% de deslize o que não me preocupou.

- Evite as epócas altas e poupe muito em alojamento, viagens de avião e outros produtos e serviços que são inflacionados.

- Utilize os sites www.booking.com e www.hostelworld.com (este último mais para pousadas de juventude) e poderá escolher o seu alojamento comparando preços em diversos locais. Pondere a utilização de um parque de campismo.

- Faça as reservas antecipadamente obtendo melhores preços.

- Viaje durante a noite (comboio, autocarro, etc…). É menos uma noite que tem de pagar alojamento. Claro que se irá ressentir um pouco no dia seguinte, mas podererá sempre recuperar na noite seguinte.

- Pondere bem o transporte a utilizar. O carro normalmente compensa quando são várias pessoas e quando o destino não é longe. Autocarro, comboio, avião... Compare preços. A internet permite fazer esse tipo de comparações muito rapidamente.

 

Durante a viagem


- Quando se viaja para locais onde o custo de vida é mais elevado até a própria alimentação representa um peso significativo. Nestes casos recomendo que se recorra aos supermercados e a cadeias de fast food, que apresentam preços mais baixos. Isto não quer dizer que não experimente a gastronomia local ou que faça refeições fora, mas nunca sem antes comparar os preços em dois ou três restaurantes.

- Aproveite ao máximo tudo o que é gratuito, nomeadamente museus, etc. Dentro dos pagos opte apenas por aqueles que faz mesmo questão de conhecer.

- Normalmente não sou muito dado a lembranças para os familiares e amigos, no entanto há quem faça questão de comprar uns souvenirs… Neste ponto aconselho a que não se compre logo no inicio da nossa estadia mas sim no final. Pois no final já tivemos oportunidade de comparar preços em diversos locais e assim voltar ao mais barato! ;)

- Quando no estrangeiro reduza o numero de levantamentos nas caixas multibanco ao mínimo, pois por cada levantamento feito o seu banco cobra-lhe uma comissão. Então opte por menos levantamentos e de valores mais elevados. Ainda assim a opção de utilizar o multibanco em vez de casas de cambio (isto para países cuja moeda não é o euro) é vantajosa, pois estas ultimas apresentam comissões ainda maiores.

Sem comentários:

Enviar um comentário