quinta-feira, 4 de julho de 2013

Poupar, reduzir, economizar

Poupar, reduzir, economizar: as palavras de ordem ecoam em todas as famílias portuguesas, que diariamente fazem novos e mais esforços para fazer face às dificuldades financeiras. Todos os meses, as despesas fixas com electricidade, gás, água e aquecimento levam uma grande fatia do bolo orçamental e estas são as despesas mais difíceis de cortar. Mas não é impossível. E se lhe disser que é possível reduzir custos e ainda obter benefícios? Mais do que reduzir e economizar, podemos reutilizar e remodelar. A aposta está em transformar a sua casa num potencial “mealheiro”. À partida o investimento poder parecer-lhe alto, mas a verdade é que a poupança anual é significativa. Por outro lado, os custos de implementação são gradualmente recuperados e assim poderá ver o retorno do investimento. Deixo uma lista de sugestões para “equipar” a sua casa. Se ainda tem dúvidas sobre onde investir o seu dinheiro, não hesite em fazer um “investimento verde”. Para além do retorno do investimento, este é o tipo de solução que justifica não só pela melhoria da qualidade de vida, mas como pela poupança efectiva que vai obter a curto e a longo prazo.

Sem comentários:

Enviar um comentário