quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Certificados do tesouro poupança mais

Os certificados do tesouro poupança mais trata-se de um instrumento de poupança lançado pelo estado português no final do ano passado.  Tem um funcionamento semelhante ao dos certificados de aforro e apresenta taxas de juros bastante favoráveis face às outras alternativas com o mesmo nível de segurança. Basta dizer que os depósitos a prazo apresentam neste momento taxas de juro na ordem de 1% quando com estes certificados do tesouro é possível obter rentabilidades de 3% ao ano, isto se mantiver a aplicação até ao final do prazo (5anos).


Quando, Como e Onde?


Este produto já está disponível desde o final do ano passado, pode ser subscrito nas estações dos correios. Vai necessitar do seu cartão do cidadão, comprovativo de NIB, comprovativo de morada para abrir uma conta aforro. Pode fazer depósitos a partir de mil euros. Os depósitos são feitos por cheque ou transferência bancária.

Eu já apliquei algumas poupanças nestes certificados do tesouro. Uma vez que se trata de uma aplicação do estado apresenta grande segurança, creio que semelhante ao de um depósito a prazo.

O vencimento e pagamento de juros ocorre anualmente, ou seja receberá todos os anos os juros na sua conta bancária. Após este vencimento é a melhor altura para fazer o levantamento dos seus certificados caso tenha necessidade do dinheiro. O rendimento é optimizado se mantiver o seu dinheiro até ao final dos cinco anos, isto assumindo que as condições de mercado se mantêm tal como estão até lá.


Duração


Este produto tem a duração de 5 anos, no entanto a partir do primeiro ano pode resgatar o dinheiro, beneficiando das taxas em baixo indicadas. Mesmo que aplique o seu dinheiro apenas durante um ano já está a beneficiar face à maioria das ofertas dos depósitos a prazo.


Taxas de Juro


1º ano: 2,75%

2º ano: 3,75%

3º ano: 4,75%

4º e 5º ano: 5%

No 4º e 5º ano, poderá acrescer um prémio, em função do crescimento do PIB.



De que está à espera? Desde o inicio deste blog que tenho incentivado os leitores à poupança. Este é um excelente instrumento na actualidade e com grande segurança.

A poupança será muito importante no seu futuro, para acomodar uma situação de desemprego, pagar a educação dos seus filhos e assegurar a sua reforma. Dê a devida importância à poupança no decorrer de cada mês, 10% dos seus rendimentos não farão hoje muita diferença no orçamento mensal e um dia pode dar-lhe muito jeito.

Sem comentários:

Enviar um comentário